Terra ao vivo vista do espaço. Acompanhe o link ao vivo da Estação Espacial Internacional (ISS).

A Terra vista do espaço ao vivo, 24hs por dia; companhe o link ao vivo da Estação Espacial Internacional (ISS).
Broadcast live streaming video on Ustream

Condições atmosfericas em tempo real

segunda-feira, 19 de março de 2012

Recomeçam as negociações para Rio+20 e novas propostas são colocadas na mesa


19 de março de 2012 · Comunicados
Nova York, 19 de março – As negociações sobre o documento final da Rio+20 froam retomadas hoje, com países apresentando muitas novas propostas que direcionarão como o mundo dará prosseguimento à agenda do desenvolvimento sustentável.
Países submeteram comentários adicionais desde a rodada inicial de negociações para o documento final da Rio+20 em janeiro. O “rascunho zero” do documento final, intitulado “O Futuro que Queremos”, é baseado em mais de 6.000 páginas de submissões dos Estados-Membros da ONU, grupos da sociedade civil, empresas e outros. Esta rodada de negociações continua até 27 de março e espera-se aprimorar o documento.
Além das propostas dos países, o Painel de Alto Nível sobre Sustentabilidade Global do Secretário-Geral das Nações Unidas, fez 56 recomendações para avançar na sustentabilidade, incluindo uma recomendação no sentido de uma “nova economia política”, que mudaria a forma como o mundo mede o progresso econômico para incluir questões sociais e ambientais.
“A razão pela qual estamos reunidos aqui é porque na Rio+20 devemos concordar com soluções para os grandes desafios globais pelo bem de todos, com um olhar para as próximas gerações”, disse o Secretário-Geral da Rio+20, Sha Zukang. “A Rio+20 pode ser o momento no qual determinaremos o futuro que queremos. Peço a todos que percebam as oportunidades oferecidas na Rio+20 e as aproveitarem agora.”
Mais de cem presidentes e primeiros-ministros, juntamente com milhares de CEOs, parlamentares, prefeitos, funcionários da ONU, líderes de ONGs, acadêmicos, artistas renomados e representantes de muitos outros grupos se reunirão na Rio+20 – a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – que acontecerá de 20 a 22 de junho. Cerca de 50 mil pessoas são esperadas para participar da Conferência, e outras milhares esperadas no Rio de Janeiro para a preparação e para o momento da Conferência.
As negociações para a Rio+20 levarão as principais decisões de líderes governamentais e outros que definirão a agenda global para redução da pobreza, avanço da igualdade social e garantia da proteção ambiental. A Rio+20 oferece a oportunidade de avançar com soluções urgentes para os desafios globais, como a falta de acesso a energia e água, desemprego, as crescentes desigualdades, lacunas tecnológicas, rápida urbanização, insegurança alimentar, pesca predatória e oceanos poluídos, e para impulsionar as inovações científicas e financeiras, responsabilidade corporativa e mercados econômicos.
Ajudar países e comunidades a avançar para uma economia verde enquanto aceleram esforços para erradicar a pobreza e promover o desenvolvimento sustentável será a chave das discussões na Rio+20. Países também vão considerar medidas para melhorar a efetividade das instituições globais que apoiam o desenvolvimento sustentável – desenvolvimento que simultaneamente promove prosperidade, melhora a qualidade de vida e protege o meio ambiente.
Um processo para lançar um conjunto de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável tem sido uma prioridade nas negociações preliminares. Os objetivos propostos, que precisariam de finalização futura, agiriam como uma série de padrões para os países seguirem e alcançarem resultados direcionados para avançar no desenvolvimento sustentável num período de tempo específico.
“Para um futuro sustentável, precisamos de ações robustas e transformadoras em todos os níveis e estes passos na negociação para a Rio+20 são vitais para garantir que tenhamos resultados e compromissos na Rio+20 para o benefício de todos e do nosso planeta”, disse Sha.
As negociações são divididas numa rodada de negociações “informais”, de 19 a 23 de março, e reuniões intersessionais, em 26 e 27 de março. Além das negociações-chave, o período também oferece a oportunidade para uma ampla série de eventos paralelos organizados por diferentes grupos para apresentar tópicos relacionados à Rio+20.
Os próximos passos para concluir o documento final da Rio+20 ocorrerão durante uma sessão de negociação que acontecerá em Nova York de 23 de abril a 4 de maio, com a última rodada no Rio, de 13 a 15 de junho.
Para mais informações sobre a sessão e a Rio+20, visite o site de informações do evento (www.onu.org.br/rio20), o site oficial do evento em inglês (www.uncsd2012.org) ou sua versão em português (www.rio20.info).
Informações à imprensa
Para entrevistas e mais informações em inglês, entre em contato Dan Shepard, tel 1-212-963-9495shepard@un.org, ou Pragati Pascale, tel 1-212-963-6870pascale@un.org, do Departamento de Informação Pública das Nações Unidas.
Para informações em português, entre em contato com Valéria Schilling ou Gustavo Barreto, do Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio), nos telefones (21) 2253-2211(21) 8202-0171 e (21) 8185-0582, ou pelo e-mail unic.brazil@unic.org ourio20@onu.org.br
Postar um comentário

*

*
Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

*

*

Postagens populares da semana - Veja no rodapé do blog o índice completo de postagens

.

Inscrições abertas

Marcadores - Índice de postagens por ordem alfabética