Terra ao vivo vista do espaço. Acompanhe o link ao vivo da Estação Espacial Internacional (ISS).

A Terra vista do espaço ao vivo, 24hs por dia; companhe o link ao vivo da Estação Espacial Internacional (ISS).
Broadcast live streaming video on Ustream

Condições atmosfericas em tempo real

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Seminário Sustentabilidade e Pré-Sal - Litoral Norte de SP

Aconteceu na última terça-feira (12/05), nas dependências do Centro Universitário Módulo, em Caraguatatuba, o Seminário de Sustentabilidade e Pré-Sal, que reuniu ao longo do dia cerca de 600 pessoas que prestigiaram importantes palestras e debates.O Seminário contou com os maiores nomes de conferencistas e debatedores ligados aos segmentos de energia, petróleo, gás, turismo sustentável e meio ambiente, que transformaram a universidade mais tradicional da região num verdadeiro areópago da sustentabilidade, em uma reunião que começou às 9 horas da manhã e teve encerramento por volta das 20 horas, totalizando 11 horas de discussões contínuas e acaloradas.

Pioneirismo

O Seminário de Sustentabilidade e Pré-Sal foi o pioneiro na área do pré-sal no litoral norte no epicentro da Bacia de Santos, com anúncios de investimento de mais de R$ 4 bi de dólares para os próximos anos. A realização foi uma iniciativa do Jornal e Revista Ecoturismo, em comemoração aos 18 anos da publicação, sendo que o evento foi um verdadeiro case de responsabilidade social e empreendedorismo, com custo quase zero de gastos, seis meses de preparação e enorme retorno e repercussão para a sociedade civil e as forças vivas das comunidades. Contando com um público seleto de formadores de opiniões, o Seminário reuniu prefeitos, vereadores, secretários municipais, estaduais, líderes de movimentos sociais, estudantes, professores e debatedores de muita expertise, que discutiram temas como as pressões do pré-sal nos campos de Tupi, Mexilhão e Iara, tratamento de água e esgoto, perspectivas de emprego e mão-de-obra, desmatamento, ocupações irregulares, poluição dos rios manguezais e mares, aquecimento global e mudanças climáticas.
Após a composição da mesa diretora dos trabalhos, foi aberta na parte da manhã a primeira reunião que levou quase todo o período, onde o conferencista José Luiz Marcusso, da Petrobras, explanou com brilhantismo todas as possibilidades que o pré-sal e a sua companhia vão trazer para o mercado brasileiro e internacional com repercussões ambientais para os próximos vinte anos, com intervenções dos principais lideres como debatedores, entre eles, o prefeito Eduardo Cesar de Ubatuba, Ernane Primazi de São Sebastião, Omar Kazon, presidente da Câmara de Caraguá, Valdir Veríssimo, presidente da Câmara de Ilhabela, Luiz Sebastião, presidente da Câmara de São Sebastião, Campos Jr. , Secretário do Meio Ambiente de Caraguá, entre outras celebridades.
Na seqüência foi a vez do jornalista Raul Christiano Sanches, assessor da presidência da Sabesp, ser o conferencista da mais controvertida fala do dia, com acusações de alguns setores, defesas de outros segmentos, já que a pauta deste módulo se referia ao tratamento com algumas deficiências de esgoto em algumas cidades do litoral norte e repercutindo as denúncias formuladas pela Revista Veja SP, no documento especial “Nosso Espião no Espaço”, publicado recentemente pela revista .
Esta seção do seminário foi acalorada e deixou momentos de alguns exaltamentos de vários participantes da Plenária que cobravam posicionamentos da estatal que hoje exporta sua tecnologia para vários estados brasileiros, conforme declarou o conferencista.Encerrado o bloco, foi a vez do presidente da CESPEG - Comissão Especial de Petróleo e Gás do Governo do Estado de São Paulo - que representou oficialmente o secretário Geraldo Alckmin, traçar um perfil acentuado das oportunidades que estas energias descobertas pela Petrobras poderão trazer para toda estas comunidades do litoral norte e até do Vale do Paraíba, regiões sinergéticas. Importantes debatedores se alteraram neste bloco que foi dos mais discutidos.Finalizando os blocos do seminário sustentável, foi a vez de João Souto, Secretario Adjunto de Petróleo e Gás do Ministério das Minas e Energia, falar sobre o Posicionamento do Brasil diante do cenário mundial, como grande exportador de petróleo e com debatedores incisivos, o que causou muitas discussões na Plenária que não arredava pé do auditório, apesar das muitas horas seguidas de debates .
O Secretário Executivo do Fórum das ONGs e Movimentos Sociais, Ivan Neves, trouxe em primeiro mão para o Brasil as novas medidas apresentadas pelo Brasil à equipe do presidente Obama dos EUA, na área de Energias Verdes e propostas para o combate ao aquecimento global e Mudanças Climáticas, que estão sendo implementadas e que serão alvo de análises na COP-l5 em Copenhagen na Dinamarca, que acontecerá no mês de dezembro.
No encerramento do Fórum, houve a presença de Eduardo Debrassi do Gabinete do Vereador e apresentador de TV Netinho de Paula, que se colocou ao lado da direção do Seminário no tocante às propostas do aprovado Fórum Permanente de Sustentabilidade do litoral norte que combate o aquecimento global. Carta do Litoral Norte Baseado em sugestões da direção do Seminário e dos prefeitos de Ubatuba, São Sebastião, representantes dos prefeitos de Ilhabela Toninho Colucci e de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva, foi oficialmente votada por unanimidade a Carta do Litoral Norte do Estado de São Paulo, instituído o Fórum Permanente de Sustentabilidade do litoral norte Paulista, com aprovação dos estatutos e diretoria provisória sob a presidência do ativista ambiental Hércules Góes, com envio de todos os documentos para serem discutidos nas reuniões preparatórias do Fórum das ONGs brasileiras e para a COP-l5 em Copenhagen, com a aprovação da feitura de um Livro e l DVD Bilíngüe, editado em inglês e português, que será lançado oficialmente na Reunião do Clima na Europa em Dezembro, como anseio das populações deste rincão de São Paulo; discussões nas academias e início de uma nova era, com eventos que já tem oferta da candidatura da cidade de Ubatuba como anfitriã da Versão 20l0. Fórum Permanente O Fórum Permanente e Seminário já começaram a gerar vários efeitos e conseqüências imediatas, entre elas a de encontro na próxima semana, para proposituras de georeferenciamento regional com prefeitos e professores do Centro Módulo, interlocutores do poder público e iniciativas privadas, além de propostas financeiras para a Petrobras que estarão interagindo muito mais em prol do Litoral Norte, que deverá ser uma Costa Natural para manter intacta a beleza lúdica e desenvolvimento com o gás que está na área submersa de 7 kms de profundidade e os desdobramentos da Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato, que liga o gás vindo do mar, para Caragua até Taubaté no Vale e depois Campinas para todo o BrasilO evento de grande sucesso que teve apoio da Band Vale, Projeto Rio Vivo, Consórcio Caraguatatuba, Vinac Consórcios, Vivo, Sabesp, Caraguá Fm, Ativa Gráfica, Avp, Hotel e Iate Clube Martins de Sá, A+Fcva, Ecoviagem, Prefeitura e Câmara de Caraguatatuba e Centro Universitário Módulo, está repercutindo regional e nacionalmente com pronunciamentos no Congresso Nacional de vários deputados, entre os quais, Talmir Rodrigues da Frente Ambientalista Nacional e abre caminhos para uma sinergia nacional, no segmento da sustentabilidade e com promessa de se reunir na cidade de Amapá na Amazônia no mês de agosto deste ano para discutir as cidades, vilas e construções sustentáveis no Ano França no Brasil.
Ana JoppertJornalista
MTB 46.105
jornalismo@revistaecoturismo.com.br
www.revistaecoturismo.com.br
Visite o blog do Fórum Permanente Costa Natural
http://forum-permanente-costa-natural.blogspot.com

Postar um comentário

*

*
Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

*

*

Postagens populares da semana - Veja no rodapé do blog o índice completo de postagens

.

Inscrições abertas

Marcadores - Índice de postagens por ordem alfabética