Terra ao vivo vista do espaço. Acompanhe o link ao vivo da Estação Espacial Internacional (ISS).

A Terra vista do espaço ao vivo, 24hs por dia; companhe o link ao vivo da Estação Espacial Internacional (ISS).
Broadcast live streaming video on Ustream

Condições atmosfericas em tempo real

Inscrições abertas

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Assembléia Geral da Federação de Cineclubes do Estado de São Paulo - Convocatória

Assembléia Geral da Federação de Cineclubes do Estado de São Paulo - Convocatória
Dia 14 de fevereiro, às 13hsRua Cesário Mota Jr, 266, Centro - São Paulo

Convocamos os cineclubes associados à Federação de Cineclubes do Estado de São Paulo e convidamos grupos interessados em organizar cineclubes, em todo o estado, para a Assembléia Geral da Federação, a realizar-se no próximo dia 14 de fevereiro de 2009, sábado, às 13 horas, em sala gentilmente cedida pelo Cineclube Darcy Ribeiro, na Rua Cesário Mota Jr., nº 266.
O tema principal desta Assembléia será a definição de uma agenda de reivindicações da Federação e dos cineclubes paulistas junto aos governos estadual e municipais, no quadro da necessidade de uma política pública para o cineclubismo.
Em reuniões preparatórias foram levantadas várias questões, que podem servir de sugestão, para que seu cineclube traga propostas concretas para nosso encontro. Por exemplo, no plano estadual: a. Criação de Proacs (Programa de Ação Cultural, da Secretaria de Cultura do Estado), editais próprios para a formação e/ou consolidação de cineclubes;b. Programas de apoio à Federação (convênios no plano estadual e/ou municipal da capital): constituição de sede, realização de encontros, organização de cursos e oficinas, etc, ec. Campanha dos Direitos do Público, em articulação com a Assembléia Legislativa e outros poderes.
A cidade de São Paulo, pelas suas dimensões e por seus recursos, é uma parte importante da política cineclubista. A Federação já acertou uma audiência com o Secretário Municipal da Cultura, e está aguardando o agendamento definitivo. Também para essa reunião, aguardamos propostas nesta Assembléia. Essas propostas podem contemplar pontos parecidos com os que levantamos com relação ao estado, mas também há outras particularidades, como o programa VAI - Valorização de Iniciativas Culturais, para o qual distribuímos um projeto-modelo, e os CEUs, praticamente desativados no que se refere à atividade audiovisual, e que poderiam sediar cineclubes, mantando uma atividade permanente, unindo as escolas e as comunidades, numa perspectiva bem ampla de ação educativa e cultural. Igualmente nos diversos municípios do estado, os cineclubes podem e devem se articular dentro da Federação para a definição de uma política local de fomento ao cineclubismo e de defesa dos direitos do público.
Em algumas situações, cineclubes de vários municípios podem se articular numa ação comum junto às suas prefeituras, em prol de uma política regional, como por exemplo no ABC, mas também em outras regiões.
Finalmente, anuncia-se a divulgação do edital federal do programa Cine+Cultura para o próximo dia 12 de fevereiro. Também essa iniciativa deve ser objeto de uma avaliação e decisões por parte dos nossos associados, com vistas a uma participação maciça e bem organizada dos cineclubes paulistas e interessados em criar cineclubes. Assim, a sugestão genérica de pauta para esta Assembléia é a seguinte:
Por uma política de cineclubismo e de defesa dos direitos do público
1. Informes
2.Programa de ação no plano estadual
3. Programa de ação na Capital
4. Programa de ação em outras regiões e municípios
5. Participação no edital do programa Cine+Cultura
6. Outros assuntos
O movimento cineclubista está se fortalecendo em todo o mundo, particularmente no Brasil. A Federação Paulista de Cineclubes é a maior entidade regional de do país e tem uma contribuição especial a dar na consolidação do nosso movimento global. A participação do seu cineclube é absolutamente essencial para assegurar a força, a representatividade e a democracia das nossas decisões. Do seu cineclube depende diretamente o sucesso da luta pelo estabelecimento de políticas públicas de reconhecimento e de apoio ao cineclubismo. Só os cineclubes são capazes, hoje, de levar a cultura audiovisual às cidades, bairros e comunidades que fazem parte dessa enorme maioria de 92% dos brasileiros que não têm acesso ao cinema.
Só os cineclubes podem organizar o público para que seja sujeito e não objeto do processo audiovisual. Participe da sua Assembléia!
Postar um comentário

*

*
Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

*

*

Postagens populares da semana - Veja no rodapé do blog o índice completo de postagens

.

Marcadores - Índice de postagens por ordem alfabética